sexta-feira, 2 de janeiro de 2015



É POSSÍVEL A RESTAURAÇÃO DO MEU CASAMENTO?


A pergunta inicial que os casais fazem é: Que devo fazer? Falar de casamento nos dias atuais tem sido um dos assuntos mais badalados. Isso devido as oscilações que ele tem sofrido em virtude das mudanças e inovações experimentadas no momento. Apesar de certa oposição ao casamento, ainda há uma grande massa que acredita e luta por sua preservação, inclusive à luz da Bíblia. Os problemas que surgem durante a convivência do casal são naturais, em virtude da complexidade da mente humana. Ninguém pensa igual o tempo todo mesmo dormindo juntos. O desandar do casamento decorre por exemplo, da falta de harmonia que sempre nasce pela ausência de entendimento, tanto do marido quanto da esposa. A crise no relacionamento conjugal surge e cresce exatamente no momento  em que na visão do casal já não resta mais nada a fazer. O sofrimento neste momento é muito grande e acarreta diversos tipos de doenças na vida do casal e da a família. Geralmente o sofrimento dos filhos gera grande preocupação. Em meio às crises muitos casais costumam perguntar: é possível a restauração de um casamento em crise? resposta é sim.  Infelizmente muitos casais se ajuntam sem nenhum sentimento responsável de ternura pelo outro. Em muitos casos os encontros se dão em meio a muita euforia, e as mentes dos envolvidos não estão preparadas nem afim  de um relacionamento sério. Temos também aqueles casos em que o homem se vê obrigado a assumir a mulher depois desta lhe comunicar uma gravidez indesejada, não planejada. Em toda a Bíblia a palavra restauração se faz presente, manifestando a misericórdia de Deus para com aqueles que o amam.
Em Jeremias dezoito na narrativa do Vaso nas mãos do Oleiro, o Senhor olha para o profeta e pergunta: Porventura não posso fazer deste vaso(que se quebrou) outro vaso novo? Deus tem interesse na felicidade de seus filhos, por isso a restauração é anunciada por ele. No livro do profeta Isaías ele diz: Eis que faço nova todas as coisas. Se você não deseja o esfacelamento de seu casamento precisa então proteger a sua relação conjugal com seriedade. Existem pequenos detalhes que precisam ser observados e levados em conta para que isso seja possível:

a) Seja sempre sincero e transparente com seu cônjuge, b) Dê atenção, principalmente ao perceber tristeza no(a) companheiro(a), c) Quando falhar, demonstre arrependimento e corrija sua falha, d) vivam com propósito, e) Tenha desejo um pelo outro sempre, Demonstre seu amor, f) Seja leal um ao outro, g) Tenha prazer de estar em casa com seu cônjuge. h) Conversem sempre; dialoguem. i) Sejam maduros, j) Tomem cuidado com o ciúme descabido e sem sentido. i) Estejam sempre motivados no relacionamento. A restauração é possível a qualquer casamento em turbulência ou em fase de extinção.

Para tanto é necessário que haja, em primeiro lugar vontade do marido e da mulher que isso se torne possível. A falta de maturidade do casal e a raiva alimentada no coração contribui muito para que não seja possível o conserto e a completa restauração. A melhor maneira de manter o seu casamento vivo e ativo é não deixá-lo se estagnar. É protegê-lo de todos os ataques a ele dirigidos. Só se preocupa com a manutenção do casamento aquele que ama de verdade. Muitos casais deixam Deus bem distante de seus casamentos durante todo o tempo. Não leem a Bíblia, fazem descaso do evangelho(ou brincam com ele), não oram juntos e só em crises assim é que se lembram do criador. Ainda bem que, apesar da dureza de nossos corações, Ele é misericordioso. A Restauração é possível sim.

  

Rev. Renilson Ornelas
Ministro do Evangelho, Conferencista, Pós Graduado em psicologia pastoral, Terapeuta de Famílias e Casais com capacitação em Direito de Família.
Há mais de dez anos ministrando para Casais e famílias

quarta-feira, 16 de julho de 2014

UM BOM CASAMENTO NÃO PRECISA DE PORNOGRAFIA .
Rev. Renilson Ornelas

Tenho visto muita gente dos meios mais variados possíveis buscando justificar o fracasso de suas vidas conjugais afirmando que o casamento acabou por faltar algo mais picante. Na sua opinião, qual é a fórmula pra manter um casamento em sua estabilidade? Lamentamos o fato de muitos casais se deixarem ser conduzidos por muita bobagem que vem da mídia, quer seja escrita ou visual. São casais imaturos, inseguros, os quais em sua boa parte entraram na relação conjugal sem nenhum preparo; levados pela ganancia material,pelo liberalismo e poder aquisitivo do parceiro mas sem nenhum amor verdadeiro. Temos ministrado em muitos eventos pra casais e famílias e temos respondido questões como o tema acima destaca. Os casais precisam se planejar antes de contrair matrimônio. É preciso conhecer bem a pessoa com quem pretende se casar pra com ela viver muitos anos debaixo dum mesmo teto, comendo a mesma comida, compartilhando sonhos semelhantes, sofrer juntos as adversidades da vida etc. O casamento e a vida conjugal em si tem o poder de gerar saúde na vida da pessoa. O homem solitário não desfruta dos bens saudáveis quando equiparado ao que vive conjugalmente. A mulher completa o homem como ninguém mais, e isso é mistério de Deus o criador. Os casais que alimentam e regam a sua relação afetiva á base de fantasias, fetiches e pornografias demonstram certa insegurança e incapacidade de conduzir a vida conjugal por sua normalidade. Ainda que muitos questionem o que vem a ser Normal numa relação íntima, informamos que, os tratamentos de dor e sacrifícios (tais como chicotadas, algemas, pés acorrentados, rosto cobertos com máscaras,mãos amarradas á cabeceira da cama, cordas amarradas ao pescoço do(da) parceiro(a), aplicados e aberrações outras que buscam desesperadamente o prazer) podem ser classificadas como sintomas de uma anormalidade do emocional, o que pode resultar num instinto de dependência do qual o casal terá dificuldade de se livrar. Neste tipo de comportamento há um outro problema que precisa ser apreciado, e vai exigir cuidados por parte do casal:o risco de não considerar o cônjuge como ser humano, e sim como objeto ou algo a mais nesse sentido.Manter uma pessoa acorrentada pelo pescoço em busca de um prazer precisa(mesmo com o consentimento da outra parte) responder ao seguinte questionamento: 1) Quem sou eu, que me deixo submeter-me a esse tipo de fantasia? 2) O que significa ou o que vale a pessoa que eu neste momento e quase todos os dias a mantenho presa ás correntes? Nosso cérebro tem uma capacidade admirável de assimilar as coisas e gravar imagens e sons.Por isso temos facilidade de aceitarmos e nos acostumar com certas coisas que nós mesmo inventamos, inclusive as fantasias para fugirmos da rotina conjugal. O problema, como já deixamos claro linhas acima, está na dependência dessa fantasias, as quais fere o outro moral, física e espiritualmente deixando cicatrizes difíceis de serem apagadas. Pensemos nisso! 


Rev. Renilson Ornelas
Ministro do Evangelho







quinta-feira, 4 de julho de 2013

Medo, Casamento



TENHO MEDO DE CASAR NOVAMENTE
Sugestões para Recomeçar de Forma Segura.

Rev. Renilson Ornelas


A vontade de casar tem forte relação com a cultura em que vivemos e com a educação que recebemos de nossos pais.Mas a estrutura dentro do relacionamento conjugal vai depender muito da maturidade do casal e da forma como encaram a vida.Infelizmente, nos dias atuais a expressão "Casar" já não soa como algo sagrado, digno de respeito e admiração pelas pessoas. Todo final de relação gera angústias e traumas. Destes dois o trauma é mais trabalhoso devido a sua durabilidade caso a pessoa não venha ser tratada adequadamente, principalmente se na relação anterior havia brigas físicas muito violentas. A  sociedade brasileira pode agradecer muito ás igrejas evangélicas pelo bom trabalho desenvolvido no campo do aconselhamento conjugal e familiar. Acredito que a comunidade evangélica hoje investe muito no tratamento das pessoas um dia machucadas e sequeladas pelas cicatrizes das relações frustrantes.A depender da forma como o relacionamento anterior foi desfeito é que se poderá avaliar como será o novo recomeço.A m ente do ser humano é sem dúvida uma caixinha de surpresa, e por isso fica difícil acreditar na pessoa ao lado. Dificilmente as pessoas conseguirão viver sozinhas, devido ao fato de que o ser humano não foi criado para viver isolado.Mas o trauma causado por um relacionamento passado criará certa resistência e desconfiança para a entrada dum novo relacionamento.Costumamos dizer que não exite pessoa certa ou pessoa errada.O comportamento das pessoas é que podem ser classificados como certos ou errados, e não as pessoas em si. Deus não criou homem certo nem mulher errada ou vice versa. Suas atitudes é quem as condena.Apenas morar com uma pessoa tendo  liberdade sexual tem sido a opção de muita gente; o que não lhes garante estabilidade conjugal devido a falta de assunção de um compromisso sério. Quando Deus instituiu a união afetiva entre o homem e a mulher a sua intenção era de assim fazê-lo visando a união eterna. Devido a dureza do coração de ambos(como se vê hoje) todos tem se separado até por questões que poderiam ser superadas. A impaciência, a intolerância é e sempre foram os fatores principais nas tomadas de decisões para a efetivação do divórcio. Nossos fracassos no casamento também se justifica pelas escolhas que fazemos na vida. Por vezes somos teimosos demais.Deixamos de escutar boas orientações, bons conselhos. Então sucumbimos na relação inesperadamente. A melhor maneira de recomeçar é atentando para os erros, inclusive de comportamento cometidos anteriormente, e evitar cometê-los a todo custo. Conhecer melhor a pessoa por quem está inclinado é importante.Observar seus costumes, suas manias, suas preferências e acima de tudo seu gênio, seu temperamento e sua família.


Rev. Renilson Ornelas
Ministro do Evangelho
Pastoreando com Seriedade e Responsabilidade no Modelo de Jesus cristo
Acesse, Participe,Divulgue!



Deixe seu comentário











segunda-feira, 17 de junho de 2013


ATAQUES ESPIRITUAIS CONTRA  A FAMÍLIA E O CASAMENTO.
Por onde começa os ataques infernais(Ef.6.10).



Rev. Renilson Ornelas

Tem sido muito grande o número de relatos e pedidos de ajuda por parte de homens e mulheres que tiveram ou estão em situação de apuros em suas vidas conjugais. São casos de arrepiar, onde as vezes, mesmo colocando nossos joelhos sob intensa oração somos levados ao choro, por ver como os demônios trabalham incansavelmente para destruir lares um dia construídos com tanto esforço. Como este site é de confissão evangélica, trataremos este assunto dentro da ótica bíblica, para que todos possam ter melhor compreensão do assunto em voga. Sendo a família o núcleo responsável pela constituição da humanidade, o inimigo de nossa almas tem grande interesse na destruição dela.As ousadas investidas dos demônios sempre visam primeiro desestabilizar o casamento,sendo que para isso eles, de forma premeditada e planejada começam a agir de modo diversificado. Tem casamentos  e famílias que se esfacelam em virtude da entrada dos filhos no mundo das drogas. pela paquera do marido ou da esposa por outro(a) na rua, no trabalho, por uma atitude de ciúme sem prova etc. O que toda família e todo casal precisa saber é que existem castas de demônios rigorosamente organizadas e prontas para agir com exclusividade na área de destruição dos casamentos e família.Infelizmente, muitos cristãos tem deixado a vida de busca e oração de lado e por tal comportamento negligente ficam abertos e vulneráveis ás setas e dardos inflamados do maligno. De tempos em tempos o inferno renova seus comandantes com o objetivo de alcançar suas metas. Lúcifer,Leviatã,Satanás e Belzebu são os cabeças.Tem determinadas áreas(Já mapeadas pelos infernais) que são preferenciais deles pois agem sobre os casamentos e a degradação das famílias. A maneira mais eficaz dos casais combaterem os demônios é por meio de séria intimidade com Deus por meio do exame diário da Santa Palavra, vida de oração, jejuns periódicos e vida consagrada a Deus Pai. Há uma hierarquia no inferno composta por muitos demônios.A Bíblia diz que a terça parte dos anjos foram expulsos da presença de Deus o criador.Portanto, não são poucos;talvez milhões ou bilhões, não sabemos. As vezes os demônios começam agir na vida de alguns casais por permissão destes próprios.Há entidades que baixam por meio da presença de álcool,outras pela fumaça de cigarros e charutos,cheiro de velas queimadas, outras por meio de sacrifícios de animais, cheiro de sangues,aroma de flores e rosas, presença de orgias individuais ,coletivas etc. Na área do adultério é grande o número de falanges cuja missão é a destruição da boa convivência matrimonial.Tanto as esposas quanto os maridos, ambos precisam cobrir um ao outro com a oração bíblica.É preciso tapar as brechas muito antes dos demônios começarem a deflagrar seus dardos inflamados.Alguns casais acham suficiente ler a Bíblia vez em quando, orar vez em quando e ir a igreja vez em quando.São muitas as áreas em que os demônios se organizam contra os filhos de Deus: Área da derrota,Área sexual,Área da Religião, Área da violência, Área do medo, Área do poder, Área das finanças. Se agrupam com variação de nome, tais como Acusação,Ciúmes, Confusão,Depressão,Enfermidade,Doença mental, Controle,Culpa, Esquizofrenia, Auto acusação, Orgulho, Impureza sexual,Rejeição,Morte etc. Dentro de cada uma destas áreas estão as práticas que cegam os homens fazendo-os cair no laço e na morte.Para identificar tais demônios basta ficar bem atentos para os acontecimentos em destaques no momento e pedir a Deus o dom de discernimento.Os demônios que ouvimos falar no cotidiano não são os de grandes poderes.Existem demônios aterrorizantes nas fronteiras das nações e outros dentro das nações(estes são conhecidos como comandantes de impérios). É preciso saber diferenciar Potestades, Principados,Espíritos dominadores.Se vocês desejam proteger sua família e seu casamento procurem ter uma vida de oração mais responsável e jamais se afastem da igreja. Busque a presença de Deus para seu casamento e seu matrimônio. Não cessem de clamar pelo Sangue de Jesus.


Rev. Renilson Ornelas
Ministro do Evangelho
Seriedade e Responsabilidade no Oficio de Pastorear







sábado, 1 de junho de 2013


 NAMORO EVANGÉLICO.
PARÂMETROS 
Desafios para as próximas gerações neste mundo sem limites.

Rev. Renilson Ornelas


Certo dia passando em frente a uma residência  e vimos um casal de jovens de mãos dadas assentados no rol daquela casa e algo  chamou a a nossa atenção. Eles estavam  com um largo sorriso na face num clima de namoro. Pareciam realmente felizes. Na verdade, presenciar situações bonitas assim nos coloca num patamar de estranheza, devido ao modo como nossos jovens tem se comportado na presente época, devido ao avanço na forma de se namorar e se relacionar. As pessoas costumam achar que ser evangélico é ser cafona, como se fôssemos seres doutros mundos, doutra galáxia. Pelo fato do cristão se vestir de maneira modesta e sem escândalos, alguns repudiam tal comportamento e passam a caçoar, zombar e até fazem Bullying nossos jovens e adolescentes, quer seja nas escolas, empresas, faculdades etc pois não aceitam a ideia do evangélico ser e pregar o que prega. Muitos de nossos jovens e adolescentes entram em crise face a tantas pressões e tentam adotar novos visuais com novos comportamentos, visando agradar aos que estão a sua volta. O risco de ter que mudar de identidade é a negação de si mesmo e a renúncia de sua fé original. Tal decisão será muito dolorosa para os jovens e adolescentes que nasceram em berço evangélico e tiveram toda sua formação pautada na Bíblia. No desenvolvimento do adolescente e do jovem, o namoro faz parte dessa trajetória. Está inserido em sua caminhada. Os pais precisam conversar bastante com seus filhos nessa faixa etária, a fim de que eles não se sintam desamparados, pois pode ser que nunca tenham experimentado o primeiro beijo. O namoro de um jovem evangélico precisa de parâmetros. Quando falamos de parâmetros estamos falando de postura, comportamento, limites, respeito, temor, e até onde podemos ir. (Seria interessante se você indicasse este artigo a seus colegas e seus pais). Vejamos então o que precisamos aprender no tocante ao que sugere o título desta matéria:

@ O SEXO NO NAMORO CRENTE É NORMAL? O que deve ser levado em conta aqui é se existe conversão de verdade na vida de ambos. A Bíblia diz que, aquele que está em Cristo uma nova criatura é; as coisas velhas já passaram e eis que tudo se fez novo(II Co.5.17). O apóstolo Paulo em sua Carta aos Corintios, cap.7 fala sobre defraudação. Defraudar significar faltar com o devido respeito, o que é anti ético, antibíblico.Esse desrespeito ao corpo do outro é repudiado por nosso criador o qual pergunta:Vós não sabeis que o vosso corpo é tempo onde habita o E.Santo? O ato sexual deve ser usado somente após o enlace matrimonial. Os crentes que praticam o sexo antes do Sagrado Matrimônio está indo na contramão daquilo que a Bíblia prescreve.Estão se igualando ao mundo, á aqueles que nunca conheceram a Santa Palavra de Deus. Portanto, praticar sexo durante o namoro jamais deve ser aceito como algo normal pelos evangélicos.Isto é rebelião declarada á Deus.É desobediência.

@ O QUE HÁ DE MAL PASSAR A MÃO EM PONTOS E PARTES ÍNTIMAS? Quando os jovens se comportam deste modo estão sempre buscando algo mais e sensações maiores, o que de fato poderá levá-los á prática do ato sexual. Devido as maciças propagandas e filmes que apelam para o sensual,a mente dos jovens estão impregnadas de sensualidade. É preciso que ambos se esforcem para ter um namoro decente, de modo que possam desfrutar das promessas de Deus  antes, durante e após esse período. A Bíblia diz que: Os que confiam no Senhor são como o monte de Sião,que não se abalam mas permanecem para sempre. Respeitar e Esperar deve ser o melhor a ser vivido. Deixem as coisas acontecerem na hora certa. Não coloquem os carros á frentes dos bois.

@ MEUS COLEGAS FICAM QUASE TODOS OS DIAS. POSSO FICAR TAMBÉM? O que diferencia um jovem mundano de um jovem evangélico é seu respeito a Deus, sua vida de oração, a sua linguagem, seu modo de tratar as pessoas,etc. A prática de FICAR foi importada; tal como a comemoração do dia das bruxas(Halloween)e muitas outras manias entre os jovens e adolescentes. Como essa geração vive muito levada pela energia, embalo, baladas, Rock in Roll etc. ficou muito fácil aderir a tal prática de fazer sexo com o outro sem nenhum compromisso.É o tal do Pegou Largou. Se algum jovem ou adolescente se diz evangélico e anda praticando tais coisas certamente ainda não se converteu de verdade. Talvez a questão aqui não seja "Se posso ou não posso", e sim olhar para si mesmo e perguntar: Em meus passos, que faria Jesus? Todos os jovens e adolescentes que seguem por esse caminho terminam descambando para mais longe, e envolvem-se no mundo das drogas tais como crack, anfetaminas etc. Não seja um jovem conduzido pelas coisas erradas que seus amigos fazem. Viva segundo as escrituras.

@ O USO DE ENERGÉTICOS PODE ME ESTIMULAR PARA A PRÁTICA SEXUAL? A ideia dos energéticos surgiu motivada pelos homens que praticavam fisiculturismo e outras competições em certa época. Hoje existem variedades de energéticos no mercado. Os jovens e adolescentes motivados pela necessidade de resistir um pouco mais ao sono e ficarem mais tempo nas baladas, passaram á consumir energéticos de forma compulsiva e abusiva. Os médicos alertam para as consequências do uso excessivo de tais produtos pois podem afetar o coração ainda muito cedo. Alguns energéticos são fabricados para estimulação sexual, e por isso nossos jovens correm atrás como um bando de loucos.Como servos de Deus precisamos estar atentos.

@ MINHA COLEGA USA SEMPRE A PÍLULA DO DIA SEGUINTE. E AÍ? A pílula do dia seguinte foi criada para socorrer muitas mulheres que esqueciam de tomar no dia certo seus contraceptivos, evitando então a fecundação para uma futura gravidez. Nenhum anticoncepcional é feito para adolescentes. Os médicos entendem que a mulher só deveria engravidar quando seu corpo estivesse totalmente formado e capaz de alojar em seu ventre um novo ser. Crente em Jesus que faz uso da PDS(Pílula do Dia Seguinte) está andando em direção contrária á aquilo que foi determinado por Deus.

@ QUE RISCO HÁ EM ENGRAVIDAR AOS 11 OU 17 ANOS? Os riscos são muitos, principalmente porque o corpo do adolescente ainda está em formação e não preparado para gerar uma criança. Isso acontecendo tudo será acelerado pelo próprio corpo afim de atender as exigências impostas pela natureza.O corpo tomará um susto, tendo tudo como surpresa e procurará fazer o melhor para a criança. A mãe precoce sentirá um pouco, mas se tiver um acompanhamento pré-natal bem feito a criança poderá nascer sem problemas; mas se o corpo da jovem mãe for incapaz de dar conta dessa tarefa certamente a criança nascerá prematura. Nossos jovens e adolescentes estão engravidando muito cedo devido o incentivo dos meios televisivos, os filmes, as revistas, a internet e o surgimento de muitos movimentos que apregoam a estravagãncia sexual.
Os parâmetros para um bom namoro começa pelo lema Quem ama espera.


Rev. Renilson Ornelas
Ministro do Evangelho
Seriedade e Responsabilidade no Oficio de Pastorear
www.pastorfamilia.blogspot.com
Acesse, Participe, Divulgue!