A Fé Batista


OS PRINCÍPIOS QUE REGEM A FÉ DOS BATISTAS(      The Baptist Faith.      ).
Rev. Renilson Ornelas



 Sola Cristos, Sola Gratia, Sola Scriptura.

O crescimento dos evangélicos no Brasil tem sido motivo surpreendente para muita gente, principalmente para aqueles que jamais acreditaram ou pensaram na possibilidade dos crentes em Jesus um dia chegarem a tal índice. Os evangélicos hoje representa uma grande porção da sociedade e podem fazer a diferença nas grandes decisões desse país. O povo brasileiro é sem dúvida um povo de fé, ainda que em sua totalidade não possa ser considerada uma fé pura, bíblica. É grande a mistura de convicções religiosas que hoje se cruza em cada esquina deste imenso país. Notamos um forte chamado de Deus para o retorno a Santa Palavra. Os batistas constituem um povo simples, de fé bíblica, pois a base de sua crença fundamenta-se apenas na Bíblia. Infelizmente, por falta de observação destes princípios muitas igrejas até bem intencionadas na fé descambaram penhasco abaixo distanciando-se da fé equilibrada. Apesar de preservar o nome batista algumas igrejas na sua prática tem fugido das características de uma genuína igreja batista. Os princípios que regem a fé batista são:

1) PRINCÍPIO CRISTOLÓGICO: Aqui compreendemos que Jesus Cristo é o centro de nossa crença e adoração. Este princípio está acima de todos os demais princípios, pois foi Cristo quem morreu na cruz do carvalho. Entendemos que só Jesus Cristo é rei e juíz da Igreja e da consciência.

2) PRINCÍPIO BÍBLICO. Entendemos e aceitamos a Bíblia como nossa única regra de fé e prática. A autoridade do Novo Testamento é resultante do senhorio de Cristo, pois nele se cumpre tudo que registou-se no A. Testamento. Entendemos também que não se crê em Cristo porque cremos na Bíblia, mas cremos na Bíblia porque ela fala de Cristo e diz respeito a ele. 

3) PRINCÍPIO ESPIRITUAL. Diz respeito a liberdade religiosa que é direito de cada indivíduo. Respeitar as pessoas é uma característica dos batistas. Isto implica na tolerância religiosa, o que concerne a liberdade de culto registrada em nossa Constituição Federal. Direito ao culto, a expressão da fé e a proclamação da Santa Palavra fazem parte desse princípio.

4) PRINCÍPIO POLÍTICO. Neste tópico as igrejas observa-se o cuidado que as igrejas batistas têm quanto a questão política.Trata-se da separação total entre Igreja e Estado.

5) SOCIOLÓGICO. As igrejas batistas primam e respeitam o princípio democrático, baseando-se na igualdade dos membros como pessoas que nasceram de novo da água e do Espírito(Jo.3.1.8).Diz respeito também ao fato de que cada igreja batista local é soberana, onde destaca-se o pluralismo institucional. Entende-se aqui a responsabilidade individual de cada membro.

6) PRINCÍPIO ECLESIÁSTICO. Passados pela experiência da verdadeira conversão e batizados, cada pessoa é recebida como membro da família de Deus.Deixou de ser criatura e é incorporado no Corpo de Cristo como filhos de Deus(Jo. 1.12)Passam a exercer um sacerdócio, o que deixa de dar exclusividade a apenas uma pessoa.(Vós sois geração eleita, sacerdócio santo...)

7) PRINCÍPIO EVANGELIZADOR. Os batistas entendem que a função de evangelizar é direito e dever de todos aqueles que experimentaram o Novo Nascimento. O Princípio Evangelizador  impulsiona os regenerados a por em prática o Ide de Jesus e faz de cada salvo um missionário, um evangelizador.

O povo batista é um dos povos evangélicos que mais crescem no Brasil e no mundo. No seu estilo de trabalho observa-se um profundo respeito pelo ser humano. Uma outra marca do povo batista é o seu zelo pela educação e o aprendizado da Santa Palavra. Já houve tempos em que ao lado de cada igreja batista se construía uma escola de alfabetização, primeiro e segundo grau. Infelizmente, nos dias atuais parece-nos que alguns obreiros tem focalizado outras coisas, e muitas escolas foram extintas. Talvez por saber que é obrigação constitucional do Estado de fornecer educação a seus patrícios, Já não existe mais a preocupação pela preservação do lema: "Ao lado duma igreja batista, uma escola". Lamentável!


*Renilson Ornelas. É ministro do evangelho em pleno exercício pastoral, Bacharel em Teologia pelo STBNe, concluiu mestrado com concentração em Ciências Sociais da Religião pela FTT, é professor de História da Igreja, conferencista, terapeuta de família com Orientação para Casais, Pós graduado em Teologia Ministerial.   



Sem comentários:

Enviar um comentário