Curiosidades



CURIOSIDADES.
Curiosities.
 
Bebê é resgatado de dentro de tubo de PVC na China



Um bebê foi encontrado em uma tubulação de esgoto do vaso sanitário de um prédio residencial no leste da China.
Moradores ouviram o choro de uma criança no banheiro do quarto andar e chamaram os bombeiros. O bebê abandonado ainda estava ligado à placenta quando foi encontrado.
A operação de resgate durou cerca de uma hora. O cano de onde ele foi retirado tem apenas cerca de 10 centímetros de diâmetro. O bebê foi encaminhado a um hospital da região e passa bem.
A polícia investiga o caso como tentativa de homicídio. Os pais do recém-nascido não se apresentaram às autoridades.

Bombeiros cortam cano para retirar bebê (Foto: AFP)

Resgate durou cerca de uma hora (Foto: AFP)

Recém-nascido havia sido jogado no vaso sanitário (Foto: Reuters)

Fonte: G1
A China possui um regime político arcaico(comunista) e um sistema de governo cruel, onde muitos cristãos são perseguidos e massacrados a todo instante. O cristianismo não é bem aceito lá e é um pais que inclui-se entre os cinquenta que integram a chamada Janela 10/40, onde há fortíssima resistência para com a pregação do evangelho. É uma nação muito carente de oração por parte dos cristãos. Se vocês desejam maiores esclarecimentos sobre isto entrem no Site da Missão Portas Abertas ou outras agências missionárias, pesquisem e assistam vídeos sobre o assunto. Será se a mãe do bebê acima não possui sentimento materno? Acreditamos que o sentimento dela pra praticar tal atrocidade muito tem a ver com o tipo de regime em que ela e muitos outros habitantes chineses são submetidos.
Nota do adm. do site.


Macaco mata bebê de 4 dias na Malásia, diz jornal.


Corpo do recém-nascido foi encontrado no jardim de uma casa.

Macacos convivem com humanos nas áreas urbanas das cidades.



Um bebê de quatro dias morreu ao ser sacudido e mordido por um macaco que entrou em uma casa na região central da Malásia, informou nesta quinta-feira (7) a imprensa local.
 
O corpo do recém-nascido, repleto de mordidas no pescoço e no rosto, foi encontrado pelos pais no jardim da casa, no estado de Sembilan, indicou o jornal "The Star".
 
A família afirmou que tinha deixado o bebê sozinho durante apenas alguns instantes.
 
Segundo o periódico, o animal provavelmente foi atraído à casa pelos gritos de outro macaco que estava em uma jaula na cozinha.
 
As autoridades da Malásia há anos debatem medidas para controlar a excessiva população de macacos em áreas urbanas. Eles entram nas casas para roubar comida e às vezes acabam atacando os humanos.
Agencia EFE




Pastor Missionário Reencontra a Família após 14 Anos Preso.


Pastor Missionário reencontra a família após 14 anos preso | Notícias Evangélicas Gospel Cristãs


Um missionário da Etiópia, na África, ficou mais de 14 anos preso e sem ver sua família, porém este ano aconteceu o reencontro. Em 1998, o pastor Tesfatsion Hagos partiu para uma vigem missionária, que duraria apenas 3 meses, deixando em casa a esposa e três filhas, mas mal sabia ele que ficaria tanto tempo sem ver a família.

Hagos foi fazer missões no país vizinho, a Eritreia, porém havia grande tensão na região com a Guerra Civil Etíope, e o iminente perigo de disputas armadas, e foi o que acabou acontecendo, mais especificamente na região de fronteira, no vilarejo de Badme. Desta forma, o missionário ficou impossibilitado de retornar ao seu país. Entretanto, durante o período, Hagos trabalhou e construiu uma igreja na Eritreia.

Mas, a situação ficaria ainda mais complicada, em 2004,quando liderava uma congregação da Igreja Evangélica Rema, em Asmara, o pastor foi preso quando o governo tomava uma medida de repressão contra cristãos. Na mesma época, aproximadamente 15 cristãos que também estavam presos morreram, por tortura, falta de cuidados médicos e fuzilados por tentarem a fuga.

A esposa veio então saber notícias do marido após a ajuda de alguns policiais cristãos da ONU. Com as filhas para criar a mulher passou a enfrentar dificuldades, mas em 2007 seu caso tornou-se conhecido de cristãos de várias partes do mundo através da missão Portas Abertas, de quem recebeu ajuda e apoio em oração, “Fiquei tão entusiasmada e feliz, digo toda hora ‘graças a Deus’, porque não estou só. Tenho tantas pessoas ao redor do mundo orando por mim e por minha família. ‘Sou uma sortuda…Deus, obrigada por isso’, toda hora”, disse Zíbora, esposa de Hagos.

“As orações me ajudaram, me fortaleceram. Não sei como poderia ter sobrevivido àquela vida difícil, mas eu consegui e agora estou aqui. As orações dos cristãos me ajudaram muito. Muito obrigado. Deus os abençoe, eu digo!”, disse a mulher.

Zípora e suas filhas, financiadas pelos cristãos, conseguiu mudar para Austrália em 2009, o pastor Hagos foi solto em 2010, porém, em prisão domiciliar, mas, em pouco tempo, com ajuda de cristãos ele foi contrabandeado para fora do país. O primeiro contato com o marido foi feito através da internet, e em 2011, duas das filhas do casal foram para o Quênia para encontrar o pai.

Mas foi só em 18 de janeiro de 2012 que a família do missionário pode se reunir novamente após longos 14 anos. A esposa citou emocionada, “Que Deus é fiel, aprendi que Deus é fiel! Vi meu Deus em cada um dos meus passos. Eu O vi ajudar minhas filhas a crescer. É tão difícil quando se está só, mas eu vi Deus como  Pai em minha casa. Ele manteve minhas meninas tão disciplinadas, tão tudo! Vi a mão do meu Deus me ajudando. Vi meu Deus me encorajar, ter paciência comigo… algumas vezes, quando meu coração desfalecia, Ele me encorajava. Vi a fidelidade do meu Deus. Agradeço a Deus por tudo o que vejo acontecer em minha vida.”. Atualmente a família do missionário mora na Austrália.

Fonte: Gospel Mais | Divulgação: Midia Gospel.




Sem comentários:

Enviar um comentário